CONTOS DOS ORIXÁS/ TALES OF ORISHAS

ENTREVISTA PARA A TRIP TV – INTERVIEW FOR TRIP TV CHANNEL

criacao_cor_1-low

CASO DESEJE ADQUIRIR NOSSO TRABALHO, CLIQUE AQUI

o_projeto

CLIQUE AQUI PARA CONHECER NOSSA CAMPANHA DO CATARSE, REALIZADA EM 2017.

As grandes histórias da cultura Yorubá levadas para o universo dos Quadrinhos.

Olá, me chamo Hugo Canuto e assim como vocês, sou um apaixonado por Histórias em Quadrinhos!

É necessário para entendermos nossa identidade como povo, e a lei 10.639/03, que versa sobre o ensino da cultura afro-brasileira e africana se mostra fundamental, resgatando essa herança para as novas gerações.

Os Contos dos Orixás surgiram a partir de uma convergência de paixões. A primeira delas, pelo legado das civilizações africanas, como a Yorubá, que moldaram minha terra de origem, a Bahia, repletas de tradições ancestrais, representadas aqui pelas histórias dos Orixás, arquétipos milenares de força, coragem, sabedoria e beleza.

Da Nigéria à Argentina, passando por Cuba, Brasil e Benin, tais divindades se manifestam em várias partes do mundo, através de diferentes sistemas de crenças (Candomblé, Culto a Ifá, Santeria, Umbanda…) celebradas em livros, canções, pinturas ou monumentos, como verdadeiros símbolos da capacidade dos povos em transcender adversidades e produzir milagres de fé e beleza.

Acima – Página inspirada em esculturas tradicionais Yorubás, em madeira.

Também acrescento o encanto pela força narrativa das Histórias em Quadrinhos, linguagem global que reinterpreta os mitos nos dias atuais através da costura entre imagem e texto. Em 2016, reuni os dois mundos em uma homenagem ao “Rei” Jack Kirby – artista, escritor e criador de personagens icônicos cuja narrativa épica de composições dinâmicas, permeadas por paisagens cósmicas ainda hoje encanta gerações de leitores.

A “The Orixas”, arte inspirada na capa da revista “Avengers 4, 1966”, foi seguida da série com 16 + 1 ilustrações que acompanham a Graphic Novel.

yemanja_final_4-postagem

XANGÔ-LOW-RGB

14435190_1375343409166111_7152962235612065881_o-1

oxossi_cor_3_-final-low_2

oxum_low

IANSÃ-RGB-LOW

14 OXAGUIÃ

Assim, retornei para a Bahia visando me aprofundar na pesquisa e conversar com estudiosos e lideranças religiosas. Conheci pessoas incríveis, como o Mawô Adelson S. de Brito, Intelectual, Sacerdote e Físico, durante o curso de língua e Cultura Yorubá promovido por ele. Nos tornamos grandes amigos e cada aspecto do enredo, desenvolvimento dos personagens e conceitos visuais foram levados e discutidos com ele e outras pessoas a quem fui apresentado, buscando construir algo que respeitasse a tradição, ao mesmo tempo em que trazia, de uma maneira artística e poética, a epopeia dos Orixás para a linguagem dos quadrinhos.

(Acima, estudos feitos á partir de pessoas em Salvador e Cachoeira, que inspiraram a composição dos personagens e o conceito visual da Graphic Novel.)

Desse somatório de forças positivas, nasceu o projeto.

Hoje, passados pouco mais de dois anos, nosso trabalho vem sendo constantemente utilizado como referência em salas de aula, presente em livros didáticos, citado por teses universitárias e exposições em países como Estados Unidos e Inglaterra. Porém, o mais importante é que está presente nas casas e principalmente no coração do público, servindo ao seu maior propósito – ser instrumento de empoderamento, reflexão e transformação de percepções sobre o grande legado das Civilizações Africanas e sua descendência na formação Histórica, Cultural e Espiritual do Povo Brasileiro.

Hugo Canuto

Acima, catálogo da exposição AXÉ BAHIA – The Power of Art in an Afro-Brazilian Metropolis, organizada pelo Fowler Museum, UCLA, Califórnia.

AGRADECIMENTOS

Ninguém caminha só. Por isso, meu obrigado as muitas pessoas que tornaram esse sonho possível, cada uma ao seu modo. Meus familiares, pelo apoio e paciência nas horas em que tive de abrir mão do convívio em nome do trabalho. Aos apoiadores da campanha inicial, semente de tudo o que veio depois. Agradeço à Danielle Loreth, revisora do texto, Daniel César, que montou o álbum e o artbook, aos escritores Marcello Fontana e Marcelo Lima pelas leituras, assim como Sérgio Barreto e Guido Moraes. Ao artista Jefferson Costa e suas eventuais dicas sobre técnicas de trabalho, o Mawô Adelson de Brito, orientador cultural, revisor dos termos em Yorubá e conselheiro de todas as horas, que também inspirou o personagem Larô, Rei de Oxogbô. Gratidão imensa a Ialorixá Mãe Carmen, Mãe Ângela e a Egbomi Leila, do Terreiro do Gantois, bem como a toda sua comunidade. Palavras jamais serão o bastante para demonstrar meu carinho, respeito e admiração. Ao João Gomes, irmão mais velho e o Marlon Marcos, antropólogo, historiador e poeta cujo trabalho sobre Oyá/ Iansã foi uma das referências.

Na equipe que participou da produção – grato ao Pedro Minho e suas dicas sobre cores, Marcelo Kina, presente em vários momentos, bem como o trio de coloristas que deram apoio na reta final do processo de pintura, Laís Bicudo, Mauro Salgado e Rodrigo Fernandes.

E por fim, as Forças da Vida e seu doce mistério.

Sobre a Campanha de 2017 – http://www.catarse.me/contos_de_orun_aiye_edd8?

Página Facebook – Contos dos Orixás

www.hugocanuto.com & www.contosdosorixas.com

MATÉRIAS NA IMPRENSA BRASILEIRA E NO EXTERIOR

https://edition.cnn.com/style/article/african-voic…

http://www.futuraplay.org/video/conexao-

http://remezcla.com/lists/culture/the-avengers-mee…

http://cultura.estadao.com.br/noticias/literatura,…

https://globalvoices.org/2017/02/03/marvel-meets-o…

http://www.otempo.com.br/diversão/magazine/a-…

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/d…

http://portalsoteropreta.com.br/quadrinista-hugo-c…

http://oglobo.globo.com/cultura/livros/conheca-os-…

http://razoesparaacreditar.com/artes/orixas-person…

PODCASTS – MITOGRAFIAS

http://www.mitografias.com.br/tag/hugo-canuto/

Financiado em 2017 e inicialmente previsto para ter 60 páginas, ao longo do tempo de pesquisa e construção do universo senti a necessidade de aprofundar e ampliar o conteúdo para contar a história que desejava, estudando a língua e cultura Yorubá. Assim, dobramos o tamanho da Hq por nossa própria conta, tendo na versão final o total de 120 páginas, o que exigiu mais tempo na elaboração, posto que, do roteiro á arte, o processo se deu de maneira autoral.

Somaram-se contratempos de saúde na coluna, devido ao ritmo de trabalho, o que me forçou a uma breve pausa no fim de 2017 (chegando a desenhar 14 horas/dia, não aconselho!) e a decisão de entregar antecipadamente quase 3.000 itens de recompensas para o público, como camisetas, pôsteres e Artbook.

Assim, foram dois anos e meio para construir a Graphic Novel, inspirada no universo mítico dos Orixás e sua raiz Yorubá.

A HISTÓRIA

“Em um tempo antigo, deuses e heróis caminharam entre os homens. Travaram batalhas com furor, ensinaram a curar e lidar com a terra, o ferro e o fogo, reinaram e amaram com a mesma intensidade. Alguns desceram do luminoso Orum para realizar seus destinos, enquanto outros nasceram no Aiyê e pelos grandes feitos, foram elevados a Orixás., marcando para sempre a história de dois continentes.

Página 12, exemplo de criação e etapas das 90 páginas – esboço à lápis, seguido por arte finalização em meio digital e aplicação de cores, balões e textos. FORMATO

Terá 120 páginas.

-Tamanho 17×26 cm.

-Miolo em papel couchê fosco.

-Capa cartonada LD 300 g brilho, com lombada quadrada.


MATERIAL EXTRA

O álbum contará com bastante material extra. Convidamos alguns dos maiores quadrinistas e ilustradores do Brasil para apresentarem suas visões em diferentes técnicas. A ideia cresceu e chegaram talentos de outros países, como Argentina e Inglaterra. Alguns Orixás ainda aparecerão no universo dos “Contos”, mas aqui se revelam através do olhar e poética dos artistas.

22382067_714270012102311_2936043618327280131_o22339391_714273308768648_4099127712320710960_o.jpg

Jefferson Costa & Pedro Minho

22338997_714268938769085_6289120335798779510_o

Brão & Sam Hart

Acima, alguns dos mais de 200 esboços, textos e materiais de referência, mostrando um pouco do processo criativo do livro.


DOAREMOS 100 EXEMPLARES E 10% DO VALOR RESULTANTE DA PRÉ-VENDA, DESCONTADOS CUSTOS, E TAXAS, PARA DUAS INSTITUIÇÕES LIGADAS Á PRESERVAÇÃO E VALORIZAÇÃO DA CULTURA DE MATRIZ AFRICANA EM SALVADOR, BAHIA. ANUNCIAREMOS DETALHES AO LONGO DA CAMPANHA.

É iiso pessoal, muito obrigado desde já pela ajuda, divulgação e colaboração ao longo do tempo, que tornaram possíveis nossas ideias.

HUGO CANUTO

 

The Greatest stories from Yoruba mythology, taken to the universe of Comicbooks.

Hi, my name is Hugo Canuto and just like you, I’m a passionate about Comics!I have always been fascinated by the great epic sagas that burned the souls of the ancients, creating civilizations and monuments. From Gilgamesh to Darth Vader, Sundiata,Thor or Superman, the heroes of a thousand faces still stir our imaginations, with the same charm as when we heard stories around the fire, in the night of time.

In 2016, I decided to start it, drawing “The Orixas” in honor of the 99 years of the master Jack Kirby, one of the greatest comic book artists.

Then, I decided to go ahead with the initiative, because I believe that it is necessary wirte about plots that dialogue with our culture (afro-brazilian culture), from other glances.

So, after a few years in São Paulo, returned to my hometown, Salvador, in the state of Bahia, a city of great Yoruba / Nago heritage located in northeastern Brazil, to go deep in research, talking with scholars and adepts of Candomblé, seeking knowledge in this universe, aiming for something that honors tradition and, at the same time, presents in an artistic way and with a different approach, the stories of the Orixás.

I realized that, despite living in the country that received the most African people in the diaspora, its contribution to our development and importance, is still underestimated under layers of prejudice.

It’s necessary to understand our identity as a nation, and in most recent years, there are some laws approved to increase the teaching of Afro-Brazilian and African culture. It is fundamental, rescuing this heritage for the new generations.

That’s how “Tales of Orishas” was born, which will take the powerful narratives of the Yoruba culture to the Comic book format, in a 120-page album, to be published in 2018.

This project believes comics as an artistic expression, and is born of the desire to produce a quality material, with affordable price for the public.

Visit our page http://www.facebook.com/Contosdosorixas, in which we post news, arts, character cards and the process of creation of the magazine

 

ARTICLE FOR KIRBY COLLECTOR MAGAZINE – 71

eng

The greatest stories from Yoruba mythology, taken to the universe of Comicbooks.

Hi, my name is Hugo Canuto and just like you, I’m a passionate about Comics!

I have always been fascinated by the great epic sagas that burned the souls of the ancients, creating civilizations and monuments. From Gilgamesh to Darth Vader, beautiful Porasy, Thor or Superman, the heroes of a thousand faces still stir our imaginations, with the same charm as when we heard stories around the fire, in the night of time.

In 2016, I decided to start it, drawing “The Orixas” in honor of the 99 years of the master Jack Kirby, one of the greatest comic book artists. 

Then, I decided to go ahead with the initiative, because I believe that it is necessary wirte about plots that dialogue with our culture (afro-brazilian culture), from other glances.

So, after a few years in São Paulo, returned to my hometown, Salvador, in the state of Bahia, a city of great Yoruba / Nago heritage located in northeastern Brazil, to go deep in research, talking with scholars and adepts of Candomblé, seeking knowledge in this universe, aiming for something that honors tradition and, at the same time, presents in an artistic way and with a different approach, the stories of the Orixás.

OSSAIM RGB LOW

OMOLU-LOW-RGB

OXUMARÉ RGB LOW.jpg

16-NANÃ RGB LOW

 

Throughout the years of working to create “the Song of Mayrube” universe (see more at https://hugocanuto.com/acancaodemayrube/), I have often sought inspiration in the history of civilizations who belongs to Africa.

I realized that, despite living in the country that received the most African people in the diaspora, its contribution to our development and importance, is still underestimated under layers of prejudice.

It’s necessary to understand our identity as a nation, and in most recent years, there are some laws approved to increase the teaching of Afro-Brazilian and African culture. It is fundamental, rescuing this heritage for the new generations.

That’s how “Tales of Orishas” was born, which will take the powerful narratives of the Yoruba culture to the Comic book format, in a 120-page album, to be published in 2018. 

This project believes comics as an artistic expression, and is born of the desire to produce a quality material, with affordable price for the public.

Visit our page http://www.facebook.com/Contosdosorixas, in which we post news, arts, character cards and the process of creation of the magazine.

About the story

“There was a time of kings and heroes upon the earth… There, between the dry ocean of sand and the rain forests, was a mosaic of peoples whose cities, made of ivory and bronze, loved war and trade with it Intensity … craftsmen, sages and sorcerers, who have marked two continents forever. ” This is the universe of the Tales of Orishas, constructed based upon the Itan, traditional stories told orally for centuries between Yoruba cities, in a place today between Nigeria and Benin, whose children, scattered throughout the diaspora of oppression, have taken root in Brazil and Americas. When entities like Xangô, Exú and Yemanjá walked among men, influencing their destinies, aiding and protecting mortals. 

13 LOGUN EDE RGB LOW

OBÁ RGB-LOW

galeria

Durante a campanha de Financiamento Coletivo, convidamos diversos artistas que, dominando técnicas diversas, contribuíram com seus olhares para enriquecer e ampliar a iconografia dos Orixás.

VEJA AQUI, NA NOSSA PÁGINA, A GALERIA COMPLETA

Algumas artes farão parte da revista, na galeria de material extra, porém sonhamos com um livro e uma exposição, agregando outros nomes, em breve!

22382067_714270012102311_2936043618327280131_o

EXÚ – POR JEFFERSON COSTA

22338940_714269068769072_6316156437164093911_o

OXÓSSI – POR OCTAVIO CARIELLO

22365208_714281022101210_5252918685467402352_n.jpg

OMOLU – POR SALAMANDA

22426189_714282528767726_2646615463604562908_o.jpg

OXUMARÉ – POR WILL

22339010_714273812101931_6400772879501638104_o

YEMANJÁ – POR RENATA RINALDI

22339391_714273308768648_4099127712320710960_o.jpg

OSSAIN – POR PEDRO MINHO

22338997_714268938769085_6289120335798779510_o

OXUM – POR BRÃO

 

 

60 comentários sobre “CONTOS DOS ORIXÁS/ TALES OF ORISHAS

  1. Como fiquei feliz em ver que a mitologia yoruba está sendo valorizada por artistas como você, Hugo.
    Trabalhei com os meus alunos do oitavo ano mitologia e no livro didático destaca-se a grega. Então, pedi para fazerem uma pesquisa por história da mitologia universal e claro que brasileiramente falando incluí a mitologia yorubá.
    Este mês chegaram livros pro acervo da biblioteca e um muito interessante que conta histórias de Exu. E na introdução do livro o autor fala sobre a demonização dos mitos africanos e que era preciso enaltecê-los da mesma forma que os gregos e romanos e citou o gênero HQ como um ótimo veículo para esse fim.
    Parabéns pelo belíssimo trabalho de arte!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Achei muito pertinente para desmitificar os Orixais pintado pelos “dominadores brancos” de forma bonita e lúdica para as nossas criança para continuar falando de nós e quem somos e cultura pela forma real de como se vivem…axe Ugo e seus pesquisadores

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bom Dia
    gostaria de adquirir os HQ dos orixás como faço já estão disponíveis?
    Se tiver gostaria de valores e prazo de entregas ou se já estão disponíveis em algum lugar ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s