CONTOS DOS ORIXÁS/ TALES OF THE ORISHAS

“Em um tempo antigo, quando o céu e a terra estavam unidos como duas metades de uma cabaça, divindades e heróis caminharam entre os homens. Travaram batalhas com furor, ensinaram a curar e lidar com a terra, o ferro e o fogo, reinaram e amaram com a mesma intensidade. Alguns desceram do luminoso Orum para lá viverem e realizarem seus destinos, enquanto outros nasceram no Aiyê e pelos grandes feitos tornaram-se Orixás, marcando para sempre a história de dois continentes.”


INTRODUÇÃO

A série de Histórias em Quadrinhos Contos dos Orixás surgiu a partir da convergência entre duas paixões. A primeira, pelo legado das culturas que moldaram minha terra de origem, a Bahia, com suas tradições ancestrais representadas aqui pelas histórias das divindades e povos provenientes dos atuais Benin e Nigéria, países na região Oeste do continente africano.

Seu vasto patrimônio filosófico, espiritual e político alcançou países como Brasil e Cuba como consequência da terrível diáspora, manifestando-se na língua, cultura e também nas artes visuais, música, e a literatura, produzindo obras inspiradas pelos orixás, arquétipos milenares de força, coragem, sabedoria e beleza.

A segunda, pelas Histórias em Quadrinhos, linguagem global construída a partir da união entre texto e imagem, capaz de produzir verdadeiros mitos modernos, atualizando símbolos e expandindo as possibilidades de contar histórias, um dos atos que nos definem como humanidade desde que os primeiros homens e mulheres se reuniram ao redor do fogo, na noites do tempo.

Ao reunir os dois universos e após dois anos de trabalho, nasceu o primeiro livro. Lançado em 2019, atravessou fronteiras e alcançou leitores de diferentes origens e lugares, despertando o interesse para conhecerem mais sobre os Itan, as narrativas e mitos ligados aos orixás, cuja essência possui a mesma relevância cultural da Ilíada, Odisséia ou o a epopeia indiana Mahabarata, ao abordarem temas universais como o destino, a família, o amor e a guerra.

Nos últimos dois anos, ao me aprofundar na jornada, leituras e aprendizados sobre os orixás e aspectos da cultura tradicional yorubá, desenvolvi os roteiros e artes dos próximos livros/HQs, cujo próximo volume, Contos dos Orixás 02 – O Rei do Fogo, será publicado em 2022 através do financiamento coletivo.

Escutando o pedido de nossos leitores, também disponibilizamos aqui a opção de adquirir o primeiro livro (dispostas no canto direito da plataforma) mas as duas obras podem ser lidas de maneira independente.

Hoje, as artes e a HQ são utilizados nas salas de aula como instrumento de educação, estão no acervo de instituições como o Smithsonian‘s National Museum of African American History and Culture, em Washington, EUA e em breve, ganharão sua versão em inglês. Porém, mais importante é o fato do livro estar presente nas casas, terreiros e principalmente no coração do público, servindo ao seu maior propósito – ser instrumento de arte, reflexão e transformação de percepções sobre o grande legado das civilizações africanas e sua descendência na formação histórica, cultural e espiritual do povo brasileiro.

Hugo Canuto,

Janeiro de 2022

 

* Para aquisição das artes vistas aqui, em tamanho A3 – https://hugocanuto.com/artes/

* English version in the botton of the article

CONTOS DOS ORIXÁS – O primeiro volume da série foi publicado em 2019, de maneira independente através do catarse em três campanhas de financiamento coletivo, com 12.000 exemplares impressos. Destes, cerca de 200 exemplares foram doados para instituições culturais, terreiros, bibliotecas comunitárias, além de 800 livros subsidiados, parte deles para professores.

Vencedora do prêmio Angelo Agostini 2020 como melhor lançamento e do Troféu Abébé de Prata 2019, uma das obras finalistas selecionadas ao prêmio Jabuti 2020, na categoria Histórias em Quadrinhos.

Uma das primeiras HQs, no Brasil, a ter trechos no idioma yorubá, com um glossário trazendo a grafia de termos, locais e personagens, aproximando o leitor de uma língua falada por 50 milhões de pessoas.

CONEXÕES CULTURAIS NO BRASIL E NO MUNDO

 

Arte Xangô filme SPACE JAM – A NEW LEGACY, 2021.

Painel do artista @DK.OITO no bairro de Marechal Rondon, Salvador, Bahia

Exposição AXÉ BAHIA – FOWLER MUSEUM, UCLA, Califórnia – EUA – 2017

Revistas BAIKA MAGAZINE #11, França e JACK KIRBY COLLECTOR MAGAZINE, EUA

O Rei do Fogo é o primeiro volume de uma trilogia, cuja trama se passa alguns anos antes dos eventos apresentados no livro Contos dos Orixás, publicado em 2019.

Será uma história de origem, tendo como um dos protagonistas o orixá Xangô, com destaque para divindades como Exú, Ogum, Oxóssi, Oxum e Iansã, bem como Ossain, Yemanjá e Oxalá.

O primeiro livro e o novo possuem histórias que podem ser lidas de maneira independente.

Livro – Serão 80 páginas coloridas no tamanho 17 x 26 cm, papel couchê 90 g, capa em papel cartão 300g, lombada quadrada e impressão de alta qualidade.

Atualmente, sigo desenhando as páginas da história e, ao longo da campanha atualizaremos os apoiadores sobre o andamento do projeto com novas imagens.

 

 

 

 

 

Assim como fizemos no primeiro livro, após a campanha no Catarse doaremos exemplares dos Contos dos Orixás – O Rei do Fogo para instituições culturais, terreiros e bibliotecas comunitárias, tornando o livro um instrumento de educação e contribuindo para a lei 10.639/03, que versa sobre o ensino da cultura afro-brasileira nas escolas.

Desde 2017, realizamos palestras sobre o livro e oficinas de criação de Histórias em Quadrinhos com foco no público jovem e estudantes, em parceria com instituições como a Ohio State University, EUA, o Museu de Arte do Rio – MAR, sedes do SESC na Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Norte, assim como a FUNESC, da Paraíba.

Exemplos da aplicação do livro nas escolas, citação em questões da OLIMPÍADA NACIONAL DE HISTÓRIA DO BRASIL, palestras e oficinas para estudantes do ensino público na Bahia e outros e estados

CITAÇÕES EM LIVROS E ARTIGOS ACADÊMICOS

 

Palestra da Ohio State University, EUA, 2021 – Tales of The Orishas, Making off.

Citação na palestra da Michigan State University Comics Forum, EUA, pelos professores Paul Humpfrey e Yvonne Chireau.

Citação no livro Negritude, Poderes e Heroísmo, organizado por Elbert de Oliveira Agostinho – @obscariocadehq – 2021.

Citação no livro A Bahia e os Quadrinhos – Caminhadas, evoluções e análises das HQs baianas, organizado por André Betonnasi, Claudia Cedráz e Valdomiro Vergueiro – 2021.

Revista do Departamento de Educação – Unifesp – Religiosidades afro-brasileras, relações étnico-raciais e natureza em produções artísticas. Por Tiago Amaral Sales e Daniela Franco Carvalho.

https://periodicos.unifesp.br/index.php/olhares/article/view/835

Decolonialidade Quadrinística e Educação Ambiental – Analisando a colonialidade do viver em Contos dos Orixás. Por Kassiano Ferreira e Patricia Montanari Giraldi.

https://seer.ufs.br/index.php/revisea/article/view/14323

Universidade do Sul de Santa Catarina – Contos dos orixás: elementos de quadrinhos de super-heróis para valorização da mitologia africana. Por Marcela Blasius.

https://www.riuni.unisul.br/handle/12345/11365

UFPE – Afro-Indo-Brazilian Religions and the public sphere: An essay on the classification forms of their public presence. Por Roberta Bivar Carneiro Campos e Raoni Neri.

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-85872020000100133&tlng=pt

MATÉRIAS NA MÍDIA INTERNACIONAL E NO BRASIL

https://www.youtube.com/watch?v=3_1VzV595D0 Resenha Sílvio Almeida, Universo HQ

www.youtube.com/watch?v=ngz2_pq3Idc – Programa Encontro, com Fátima Bernardes

www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=JqpCj5r5uRc – Entrevista TRIP TV

https://youtu.be/XnwmGvu9uQI – Entrevista Canal Curta

 

https://www.youtube.com/watch?v=QfI_wcvsDoY – Programa Metropolis, TV Cultura

AFROPUNK – https://afropunk.com/2017/10/tales-orishas-comic-book-tells-us-violence-afro-brazilian-religions/

CNN – https://edition.cnn.com/style/article/african-voices-orishas-comic-book/index.html

CORREIO BRAZILIENSE – www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e arte/2016/11/29/interna_diversao_arte,559083/projeto-apresenta-historias-da-mitologia-africana-para-o-universo-das.shtml

EL PAIS – https://brasil.elpais.com/brasil/2019/02/12/cultura/1549967827_022252.html

 

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/07/cultur…

ESTADÃO – https://cultura.estadao.com.br/noticias/literatura,cultura-africana-inspira-a-hq-contos-de-orun-aiye,70001661489

FOLHA DE SÃO PAULO – www.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/11/hqs-colocam…

GLOBAL VOICES – https://globalvoices.org/2017/02/03/marvel-meets-orishas-a-brazilian-artist-is-turning-african-gods-into-superheroes/

O GLOBO – https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2019/01/18/baiano-cria-hqs-de-herois-negros-com-orixas-e-historia-yoruba-legado-das-civilizacoes-africanas.ghtml

OKAY AFRICA – https://www.okayafrica.com/afro-brazilian-comic-series-orishas

 

Série Orixás II, com 18 artes em papel couchê 170g, tamanho A3.

Série Orixás I, com 17 artes em papel couchê 170 g, tamanho A3.

 

Hugo Canuto (Salvador, 1986) é ilustrador e autor de Histórias em Quadrinhos, graduado em arquitetura e pesquisador. Busca expressar a relação entre cultura, mitologia e a arte através dos seus trabalhos, com enfoque na África Ocidental, Brasil e América Latina.

Publicou o álbum Contos dos Orixás (120 páginas, 2019) , projeto independente produzido através do financiamento coletivo. Atualmente, trabalha na continuação da saga dos orixás e na Graphic Novel A Canção de Mayrube.

Acessem o perfil no Facebook – Contos dos Orixás, o instagram do autor, @hugocanuto_art ou @contosdosorixas para saber as novidades e andamento do livro.

 

AGRADECIMENTOS

Acredito que ninguém caminha só. Assim, gostaria de agradecer a todos e todas que ajudaram a construir o projeto Contos dos Orixás.

Agradecer ao Ilé Ìyá Omi Àse Ìyámasse, o Terreiro do Gantois, na pessoa da Iyalorixá, Mãe Carmen, assim como toda a sua família, bem como os amigos e irmãos da casa. Palavras jamais serão o bastante para demonstrar meu respeito, admiração e gratidão pelo aprendizado e evolução.

Ao nosso público, que acreditou e viabilizou a publicação do primeiro livro de maneira independente, através de três campanhas e cerca de 4.000 apoios. Desejo que os novos apoiadores possam conhecer e se aprofundar mais no universo e cultura dos orixás através da nossa obra.

Gratidão a minha família e a Lidiane, que sempre me incentivaram a seguir ao longo dos anos de pesquisa, e as inúmeras pessoas que de algum modo contribuíram para que os Contos dos Orixás alcançassem espaços mais amplos na cena cultural do país.

E, sobretudo, agradecer aos Orixás, as forças da vida.

Abraços, axé!

18-criac387c383o

 

  “In an ancient time, when heaven and earth were united as two halves of a gourd, deities and heroes walked among men. They fought battles with fury, taught how to deal with ashe, the energy of creation, the land, the iron and the fire. They reigned and loved with great intensity. Some descended from the luminous Orun, to live their lives and fulfill their destiny, while others were born in the aiye and through their great deeds became Orishas, changing forever the history of two continents”.

 

FOREWORDS – HUGO CANUTO

 

      The comic book project “Tales of the Orishas” was born as a convergence of passions. First, for the legacy of african heritage at my homeland, Bahia, full of ancestral traditions. I was born in Salvador, a city on the northeastern coast of Brazil with the biggest african oversea heritage, and it influences over our lifestyle, beliefs, food and art.

   From Nigeria to Haiti, through Cuba and Benin, these deities manifest themselves in different parts of the world, whether through songs, paintings or monuments. They are true symbols of the human ability to transcend their adversities and create miracles of faith in the far west. Umbanda and Candomble are spiritualities whose myths and legends about Orishas are in the core. Both have a strong African and indigenous heritage, and it is part of the syncretic convergence that built Brazilian culture.

  But I realized that, despite living in the country that received the most African people in the diaspora, and most of population comes from an african descendants, cultural, artistic and spiritual elements of African roots are under a constant attack, mainly by a growing intolerance of religious and political Neo-charismatic movements.

   The main reason for creating the Graphic Novel was to make an asset for mindset changes, valuing the culture of Bahia, although with a language that was able to build bridges to other countries. Because I believe that bringing the stories of the orishas for audiences who have not yet had contact with it is a way to face racism and spread representation in pop culture.

   When I decided to produce the Graphic Novel, I plunged in a deep research, talking with scholars and priests of Candomblé, aiming for something that could honor tradition and, at the same time, introduce the Itan, stories about the orishas in a different approach, working with mythology through comic book visual language.

 

CROWDFUNDING CAMPAINGS AND PUBLICATION – The Graphic novel Tales of The Orishas is in it third printed edition, has 120 color pages and size 6 x 10 in and coatted paper 90g. It was published independently through crowdfunding platform Catarse and around 3.000 supporters who believed in such initiative.

Follow the links:

http://www.catarse.me/contos_dos_orixas_pre_venda?

http://www.catarse.me/contos_dos_orixasnovaedicao?

http://www.catarse.me/contos_de_orun_aiye_edd8?

 

SOCIAL ACTIVITIES – The project also has a social activity that we started before the comic book was ready and keep doing troughout  those two years, as public lectures in universities and cultural institutions in Brazil, donation of books for communitary libraries. Also, in addition we sponsored  books with lower prices, mostly for teachers and public schools in Brazil and other countries. 

 

AWARDS AND NOMINATIONS

 

FINALIST TO THE JABUTI 2020 AWARD – CATEGORY IN COMICS.

https://www.premiojabuti.com.br/10-finalistas/?eixo=4f31502c-7128-e811-a839-000d3ac0bc58&categoria=78a04048-842b-e811-a837-000d3ac085f9

 

AWARD ANGELO AGOSTINI – BEST BOOK OF 2019.

https://obarquinhocultural.com/2021/02/08/trofeu-angelo-agostini-anuncia-os-vencedores-da-36a-edicao-da-premiacao/

 

AWARD ABEBÉ DE PRATA, HONORING CONTRIBUTIONS TO AFRO-BRAZILIAN CULTURE.

https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/viver/2019/11/trofeu-abebe-de-prata-acontece-neste-domingo-no-recife.html

 

ONE OF THE 100 MOST INFLUENTIALS BRAZILIAN COMICS ON THE DECADE

http://www.bienaldequadrinhos.com.br/not8

http://www.bienaldequadrinhos.com.br/pdf/Brazil_Comics_Catalogue_BD_Br%C3%A9sil.pdf

 

sss

 

QUOTES IN ACADEMIC ARTICLES

 

Revista do Departamento de Educação – Unifesp – Religiosidades afro-brasileiras, relações étnico-raciais e natureza em produções artísticas. 

Tiago Amaral Sales e Daniela Franco Carvalho

https://periodicos.unifesp.br/index.php/olhares/article/view/835

 

Decolonialidade Quadrinística e Educação Ambiental – Analisando a colonialidade do viver em Contos dos Orixás.

Kassiano Ferreira e Patricia Montanari Giraldi. 

https://seer.ufs.br/index.php/revisea/article/view/14323

 

Marcela Blasius

https://www.riuni.unisul.br/handle/12345/11365

 

UFPE – Afro-Indo-Brazilian Religions and the public sphere: An essay on the classification forms of their public presence

Roberta Bivar Carneiro Campos e Raoni Neri

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-85872020000100133&tlng=pt

 

OrixasC_046

 

INTERNATIONAL MEDIA

KILLSCREEN

https://killscreen.com/previously/articles/gorgeous-comic-book-gives-afro-brazilian-mythology-avengers-treatment/

 

EL PAIS

https://brasil.elpais.com/brasil/2019/02/12/cultura/1549967827_022252.html

 

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/07/cultura/1544220206_964262.html

 

CNN

https://edition.cnn.com/style/article/african-voices-orishas-comic-book/index.html

 

GLOBAL VOICES

https://globalvoices.org/2017/02/03/marvel-meets-orishas-a-brazilian-artist-is-turning-african-gods-into-superheroes/

 

AFROPUNK

https://afropunk.com/2017/02/brazilian-illustrator-recreates-the-avengers-cover-with-the-orixas/

 

https://afropunk.com/2017/10/tales-orishas-comic-book-tells-us-violence-afro-brazilian-religions/

 

REMEZCLA

https://remezcla.com/lists/culture/the-avengers-meets-orishas/

 

BLACK BRAZIL TODAY

https://blackbraziltoday.com/where-are-our-black-superheroes/

 

OKAY AFRICA

https://www.okayafrica.com/afro-brazilian-comic-series-orishas/

 

NANTYGREENS

https://nantygreens.com/features/orishas-african-gods-turn-superheroes/

 

OTHER MEDIAS

 

https://ceert.org.br/noticias/historia-cultura-arte/26220/a-hq-que-transforma-os-orixas-do-candomble-em-super-herois

 

https://buzzfeed.com.br/post/um-brasileiro-esta-transformando-orixas-em-herois-de-historias-em-quadrinhos

 

https://medium.com/revista-subjetiva/contos-dos-orix%C3%A1s-a-hist%C3%B3ria-que-a-hist%C3%B3ria-n%C3%A3o-conta-9ebbbcf6c1fa

 

www.huffpostbrasil.com/2017/02/15/xango-oxossi-yemanja-e-mais-hq-transforma-orixas-em-super-her_a_21714923/

 

https://empoderadxs.com.br/2019/01/19/hq-transforma-orixas-em-super-herois/

 

http://adoropapel.com.br/2019/01/historia-dos-orixas-e-retratada-em-projeto-de-quadrinhos/

 

www.otempo.com.br/diversao/magazine/a-redescoberta-dos-orixas-1.1415602

 

https://razoesparaacreditar.com/artes/orixas-personagens-de-quadrinhos/

 

https://revospace.com.br/artigo/hugo-canuto-deuses-da-cultura-afro-brasileira-e-herois-dos-quadrinhos/

 

https://paginadois.com.br/2019/05/27/contos-dos-orixas/

 

https://quadrinheiros.com/2019/04/15/os-superdeuses-orixas-de-hugo-canuto/

 

https://cearacriolo.com.br/orixas-viram-super-herois-em-quadrinhos-de-artista-brasileiro/

 

orixasc_054-1

LECTURES

Global Comics Lecture – The Making of, Tales of the Orishas – Ohio State University, USA.

Flipelô – Literary Fair at Pelourinho, Salvador, Bahia.

Quadrinhos Intuados in João Pessoa, Paraíba.

SESC Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

SESC Feira de Santana, na FLifs.

FLICA Cachoeira, Bahia.

Campus Party Bahia, Salvador.

Festival Path, São Paulo.

Narrativas Negras Universidade de São Paulo.

 

OrixasC_010_011

 

WORKSHOPS

Bahia – Animai

Bahia – Salvador – Campus Party/ SEPROMI

Bahia –Salvador – Associação De Defesa Dos Povos Afro-indígenas – AFA

Rio Grande Do Norte – Natal – SESC

Rio Grande Do Norte – Mossoró – SESC

Paraíba – João Pessoa – Fundação Cultural FUNESC

São Paulo – Capital – SESC Interlagos

São Paulo – Jundiaí – SESC

São Paulo – Ribeirão Preto – SESC

 

69 comentários sobre “CONTOS DOS ORIXÁS/ TALES OF THE ORISHAS

  1. Como fiquei feliz em ver que a mitologia yoruba está sendo valorizada por artistas como você, Hugo.
    Trabalhei com os meus alunos do oitavo ano mitologia e no livro didático destaca-se a grega. Então, pedi para fazerem uma pesquisa por história da mitologia universal e claro que brasileiramente falando incluí a mitologia yorubá.
    Este mês chegaram livros pro acervo da biblioteca e um muito interessante que conta histórias de Exu. E na introdução do livro o autor fala sobre a demonização dos mitos africanos e que era preciso enaltecê-los da mesma forma que os gregos e romanos e citou o gênero HQ como um ótimo veículo para esse fim.
    Parabéns pelo belíssimo trabalho de arte!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Achei muito pertinente para desmitificar os Orixais pintado pelos “dominadores brancos” de forma bonita e lúdica para as nossas criança para continuar falando de nós e quem somos e cultura pela forma real de como se vivem…axe Ugo e seus pesquisadores

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bom Dia
    gostaria de adquirir os HQ dos orixás como faço já estão disponíveis?
    Se tiver gostaria de valores e prazo de entregas ou se já estão disponíveis em algum lugar ?

    Curtir

  4. Olá Hugo. Adquiri a obra conto dos orixás.
    Gostaria de parabenizar pelo trabalho, é um avanço na nossa cultura !!!
    Gostaria de saber se existe ou como conseguir a versão da história de Oxossi, pois na parte de trás do livro trás diversas edições individuais .
    Muito obrigado e sucesso nesse empreendimento !

    Curtir

Deixe uma resposta para Shirlei Cunha Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s